16/05/08

Fabricação de Jóias - Fundição

Essa técnica funciona da seguinte forma: um criador de modelos talha uma jóia, que servirá de molde para fazer uma fôrma de borracha para a produção de moldes de cera; ou seja a jóia é colocada na maquina que formará um molde de borracha. Esse molde é levado para a injetora de cera que irá adicionando cera na máquina formando vários moldes que agrupados chamamos de árvore , que então é colocada dentro de um recipiente metálico, onde é colocado gesso (calcinação), e levado a um forno ligado em alta temperatura (100 graus aproximadamente). Depois que o gesso endurece, é feito um pequeno furo para que a cera derretida escorra (decenerador), deixando nas cavidades internas do cilindro, o formato do molde da jóia. Só então o ouro ou a prata(em estado líquido) é injetado dentro do molde. A seguir o gesso é dissolvido em uma lavagem a jato de água, revelando as jóias, que a partir daí, passam por um tratamento de polimento, cravação de gemas e acabamento. Assim que a peça se solidifica, o molde é inutilizado. Por causa das características desse processo, ele também pode ser chamado de fundição por moldagem em cera perdida.

Resumindo, a fundição por moldagem em cera perdida apresenta as seguintes etapas:
1ª) A cera fundida é injetada na matriz para a produção do modelo e dos canais de vazamento;
2ª) Os modelos de cera endurecida são montados no canal de alimentação ou vazamento;
3ª) O material do molde endurece e os modelos são derretidos e escoam;
4ª) O molde aquecido é preenchido com metal líquido por gravidade, centrifugação ou a vácuo;
5ª) Depois que a peça se solidifica, o material do molde é quebrado para que as peças sejam retiradas;
6ª) As peças são rebarbadas e limpas.

Em muitos casos, as peças obtidas por esse processo chegam a dispensar outros processos, devido à qualidade do acabamento de superfície obtido. Como qualquer processo de fabricação, a fundição de precisão tem suas vantagens e desvantagens.

0 Comments: